Como aumentar a produtividade de uma indústria com a instrumentação correta

A Instrumentação Industrial tem papel fundamental em processos industriais. Suas funções são: gerar economia de tempo, dinheiro, aumentar produtividade e garantir a segurança dos trabalhadores. Quer saber como tudo isso é possível? 

Continue lendo o post e descubra!

O que é a Instrumentação Industrial?

A Instrumentação Industrial é a ciência responsável pelo estudo, desenvolvimento e aplicação de tecnologias de controle em diversos setores da indústria. Pode estar presente em processos mais usuais, como no controle de nível de grãos em silos, como em processos mais críticos, na medição de ácido por meio de equipamentos radiométricos. 

Para cada processo, é preciso uma análise minuciosa em que será detectado o tipo de instrumento de controle que será aplicado. Da mesma forma que você não irá empregar um equipamento caríssimo para medir o nível de água em um tanque, também não utilizará um instrumento barato e feito para processos mais básicos na medição de nível em ambientes adversos.

Para que o emprego de instrumentos de controle em processos e a interpretação exata dos resultados gerados sejam feitos, é essencial que um instrumentista industrial entenda dos princípios de medição. 

Somente assim será possível realizar medições confiáveis, dentro do que o instrumento se propõe a entregar.

Instrumentação Industrial e Automação Industrial – qual a diferença?

Um erro bastante comum na indústria é confundir estes dois termos. De fato, eles possuem alguns pontos em comum, como a utilização de equipamentos para garantir o aumento da produtividade em um processo. Mas cada um tem seu objetivo.

Enquanto a Instrumentação Industrial trabalha para garantir processos mais eficientes, seguros e com alta produtividade por meio de equipamentos de controle, como os de nível e umidade, a Automação Industrial está focada na utilização de máquinas que trabalhem de forma autônoma em todos os setores industriais. 

A ideia da Automação é reduzir custos com mão de obra e tornar a produção mais ágil e segura.

Quais são os principais instrumentos de controle na indústria?

Podemos dizer que existem instrumentos com a tecnologia RF-Admitância para medições de nível pontual e contínuo, equipamentos radiométricos para medições mais complexas, medidores que utilizam as micro-ondas para medir volume e vazão mássica e outros.

Entretanto, é preciso que você saiba que cada processo industrial conta com diversas etapas e particularidades que precisam ser analisadas antes da escolha do instrumento se feita. 

Para que a produtividade dos seus processos aumente, você não pode escolher qualquer tipo de equipamento, pois uma escolha errada pode resultar em desperdício de dinheiro, tempo e matéria prima, caso ocorra um transbordamento.

Podemos tomar como exemplo duas Chaves de Nível que têm a mesma função, mas com princípios tecnológicos e preços diferentes.

A mais acessível, que possui partes móveis feitas de plástico, certamente funciona muito bem para medição de água potável em um tanque. Agora, experimente utilizá-la no controle de nível de cal, por exemplo.

A chave até vai funcionar de início, mas com o aumento da coluna de cal, a flexão das partes plásticas começará a comprometer a precisão. Além disso, esse esforço certamente vai danificá-la mais rápido, resultando em um MTBF (Mean Time Between Failures) muito menor. 

Resultando em custos de manutenções frequentes, menor vida útil e necessidade de substituição rápida.

Por outro lado, uma chave com outro princípio, sem partes móveis, imune a incrustação ou pó em suspensão, mas com o preço mais elevado, pode ser cara para medição de água potável. Ela, porém, vai ser perfeita para a medição da cal, uma vez que terá longa vida útil, medindo com precisão e sem precisar de manutenções frequentes.

Qual o papel da Indústria 4.0 para a Instrumentação Industrial?

Garantir uma alta performance na indústria não é tarefa fácil, principalmente com plantas industriais cada vez maiores e processos cada vez mais complexos. E é essencial manter seus processos com alta eficiência, para que a produtividade da sua indústria se mantenha constante.

Graças à 4ª Revolução Industrial (ou Indústria 4.0), o controle de processos foi evoluindo ao longo dos anos, trazendo equipamentos cada vez mais duráveis, com alto nível de precisão, repetibilidade e mais inteligentes. 

A visão da Indústria 4.0 é a de trazer maior produtividade e eficiência por meio de processos de produção autogerenciados (inteligentes), em que pessoas, máquinas, equipamentos, sistemas logísticos, clientes e fornecedores estabelecem uma comunicação e controle em tempo real uns com os outros. 

Processos de produção e logística integrados em todos os níveis da empresa criam um ecossistema mais eficiente e flexível.

A Indústria 4.0 facilita o surgimento de cadeias inteligentes de criação de valor, capazes de abranger todas as fases do ciclo de vida do produto, desde a ideia inicial, desenvolvimento, produção, uso e manutenção. 

Até mesmo a reciclagem de um produto pode ter todo seu processo produtivo conectado a nova dinâmica proporcionada pela Indústria 4.0.

Portanto, a Instrumentação Industrial agregou mais produtividade, economia e segurança em diversos setores industriais.

Conclusão

A Instrumentação Industrial, se for aplicada em processos de forma bem planejada e por especialistas, pode aumentar a produtividade do seu processo, além de reduzir custos, aumentar a qualidade da produção e garantir a segurança de todos os trabalhadores envolvidos.

Hoje em dia, existem instrumentos, como Sensores e Transmissores de Nível, que contam com a tecnologia RF-Admitância e são imunes a desafios da medição, como incrustações e pó em suspensão. 

Além deles, existem até mesmo equipamentos que não precisam entrar em contato com o produto para obter os resultados desejados. São considerados os mais modernos e precisos, pois utilizam a tecnologia atômica nas medições. 

São os instrumentos radiométricos. 

Lembre-se: não existe na Instrumentação Industrial equipamentos que sejam universais e que funcionam para todos os processos. Para isso, é essencial buscar por um fabricante que seja capaz de analisar as necessidades do seu processo industrial e fornecer soluções personalizadas para o que você precisa.

Conheça mais sobre instrumentos de medição com a tecnologia RF-Admitância clicando aqui.

admitancia e chave capacitiva

Também temos um material gratuito apenas sobre equipamentos Radiométricos. Confira clicando aqui.

Não deixe de assinar também a nossa newsletter para receber mais conteúdos como este!