Calibração de instrumentos de medição, o que é?

Uma das principais atividades realizadas por técnicos de instrumentação, são as calibrações periódicas em instrumentos de medição, sejam eles de nível, densidade ou umidade. Mesmo sendo uma atividade recorrente na indústria, ainda existem dúvidas acerca do assunto.

Continue lendo e saiba mais!

O que é a calibração?

Podemos dizer que calibração é uma forma de realizar a comparação dos valores de medição de um instrumento que possui erros conhecidos (chamado de instrumento padrão) com um instrumento que está em teste.

Entretanto, esta é uma definição bem simples sobre o que é calibração de instrumentos de medição. O BIPM (International Bureau of Weights and Measures ou Bureau Internacional de Pesos e Medidas) conta com uma definição um pouco mais técnica e complexa sobre o assunto. 

De acordo com ele, calibração é:

“Uma operação realizada em condições específicas em uma primeira etapa, faz uma relação entre os valores quantitativos, com a incerteza de medição fornecida por padrões de medição e as indicações correspondentes com a incerteza de medição associadas ao instrumento calibrado. A segunda etapa, utiliza destas informações para estabelecer uma relação e obter um resultado de medição de uma indicação”.

A calibração de instrumentos é realizada com o auxílio de ferramentas específicas, que variam de acordo com o instrumento de medição e em que local o procedimento será realizado. 

Caso o equipamento apresente valores fora do que foi previamente estabelecido, ele deve ser recalibrado. Com o ajuste correto, a curva de medição do instrumento será acertada, fazendo com que o desempenho dele se torne adequado para a sua aplicação. A base sempre será o instrumento padrão.

É importante ressaltar que o processo de calibração vai variar em tempo e complexidade, de acordo com o instrumento que será calibrado, então é essencial que a pessoa responsável tenha alto nível técnico de conhecimento sobre os procedimentos a serem feitos durante a calibração.

Qual a importância da calibração?

A calibração dos instrumentos de medição é essencial para que o processo conte com a maior precisão no momento da detecção de diversas grandezas, como o nível, o volume, a vazão mássica, a umidade, a densidade e outros.

Instrumentos de medição estão instalados nas mais diversas etapas de processos produtivos, seja em esteiras transportadoras ou em silos de armazenamento, por exemplo. 

Eles estão expostos à diversas condições que podem afetar a precisão da medição e até mesmo danificá-los, se não forem adequados. Ambientes adversos, abrasão, vibração, choques mecânicos, alta temperatura, incrustações, pó em suspensão, espuma… diversos desafios podem fazer com que os dados sejam comprometidos. 

A longo prazo, a precisão do instrumento é afetada e é neste momento que a calibração se faz necessária.

Desta forma, paradas de planta não programadas, alarmes falsos, transbordamentos, danos ao meio ambiente e ao patrimônio da empresa, além de manutenções desnecessárias, são evitados.

Como fazer a calibração?

É possível realizar a calibração de instrumentos em campo ou em laboratórios especializados neste processo.

Laboratório de calibração

Muitas empresas organizam seu planejamento de calibração com todos os dados dos instrumentos de medição e os enviam para laboratórios de calibração certificados, acreditados pela CGCRE (RBC/INMETRO) e que seguem as normas ABNT NBR ISO/IEC 17025:2005.

Estes laboratórios seguem um padrão de qualidade bem rígido para que os resultados apresentados sejam os melhores e seus serviços sejam sempre feitos com as melhores condições existentes. Eles também contam com profissionais qualificados para realizar os procedimentos de forma correta.

Calibração de instrumentos em campo

A calibração em campo vem se tornando uma alternativa rápida para que os instrumentos de medição possam operar sem a necessidade de longas paradas de planta e de produção. Assim que o instrumento é calibrado, impreterivelmente por um profissional habilitado, já está pronto para voltar a operar.

É uma vantagem sobre a calibração em laboratório porque pode acontecer de os instrumentos de medição serem enviados para laboratórios e não voltarem no prazo estabelecido, gerando paradas de planta mais longas e atrasos na produção.

Entretanto, não deixe de se atentar a erros no momento da calibração feita em campo, por isso frisamos a importância de ter um profissional treinado e capacitado para realizar a calibração dos seus instrumentos.

Os equipamentos de medição de nível, umidade e densidade estão passando por constantes evoluções e cada vez mais contam com tecnologias que facilitam e diminuem a frequência de manutenções, calibrações e aferições. 

Para que você possa realizar estes processos de forma segura e completa, é fundamental que exista um banco de dados com informações sobre todos os equipamentos, para que seja possível verificar o histórico dele, por quais procedimentos já passou, se precisa da substituição de peças ou se o próprio equipamento precisa ser substituído.

Busque por fabricantes que estejam ao seu lado e forneçam soluções personalizadas para suas necessidades, além de todo o acompanhamento durante a vida útil do equipamento e evite dores de cabeça!

Não deixe de assinar a nossa newsletter e recebe mais conteúdos como este!