Instrumentação Industrial: entenda a sua importância para a indústria

Sem a Instrumentação Industrial, você sabia que diversos processos da indústria não poderiam ocorrer ou gerariam diversas perdas de matéria-prima e dinheiro por conta de medições imprecisas?

Graças ao desenvolvimento tecnológico, podemos contar com instrumentos de controle de processos cada vez mais precisos. Eles aumentam a eficiência da produção e diminuição de gastos e dinheiro com paradas não programadas, alarmes falsos e manutenções desnecessárias.

Saiba mais sobre a importância da Instrumentação Industrial ao longo deste post!

O que é a Instrumentação Industrial?

Ela é a ciência que tem o papel de estudar, desenvolver e aplicar tecnologias de controle em processos da indústria. Dependendo do tipo do instrumento utilizado, é possível realizar desde medições usuais, como o nível em silos de grãos, até medições em ambientes adversos, como é o caso de caldeiras, por exemplo.

A obtenção dos dados precisos para o controle dos processos com o menor custo possível depende do tipo de instrumento empregado, da qualificação do operador e do tratamento matemático que as medições sofrem.

O operador precisa ter conhecimento acerca dos princípios de medição de cada instrumento aplicado ao processo, para que os resultados sejam interpretados de forma correta e estejam dentro das faixas possíveis e características.

Qual a sua importância na indústria?

Manter um controle adequado dos processos tem se tornado cada vez mais importante, e isso se deve a dois fatores: redução dos custos de produção e aumento do foco em segurança do trabalho.

Eficiência e redução de custos de produção

Um dos principais objetivos da Instrumentação Industrial é manter o controle do processo produtivo, seja em nível, volume, peso, densidade, vazão e outros. Se a sua medição é eficiente, você terá como resultado um maior rendimento da produção, pois os processos serão feitos sem interrupções e com alta repetibilidade.

Usando a Medição de Nível como exemplo, se um silo de grãos precisa estocar uma certa quantidade de material o tempo inteiro, mas não é preenchido em sua capacidade máxima por conta de falhas na medição, é possível que a unidade de produção necessite de silos adicionais, acarretando em despesas com compras e manutenções desnecessárias.

Outro exemplo é a necessidade de um fluxo contínuo de entrada e saída de materiais que muitos processos precisam. É inviável obter um fornecimento consistente com taxas variáveis ou se houver incidentes na linha de abastecimento.

Segurança do trabalho na Instrumentação Industrial

A Instrumentação Industrial também tem o papel de auxiliar no aumento da segurança de  todo o seu time. Imagine o transbordamento acidental de ácidos, inflamáveis, reagentes ou outros, causado por uma medição imprecisa de um instrumento. Pode gerar um resultado catastrófico!

Além disso, ao realizar as medições utilizando instrumentos de controle, não há a necessidade de enviar trabalhadores para o local, evitando acidentes, como a queda do colaborador dentro de um silo de grãos, por exemplo.

Quais tipos de medições os instrumentos podem fazer?

Existem diversos tipos de medições que os instrumentos podem fazer, dependendo do modelo deles. 

Para a Medição de Nível pontual e contínuo, podemos contar com Chaves e Transmissores de diversos tamanhos e materiais, dependendo do nível de complexidade do processo. Os melhores são os que contam com a tecnologia RF-Admitância.

Inclusive, temos um eBook com tudo o que você precisa saber sobre esta tecnologia. É só clicar na imagem abaixo para recebê-lo gratuitamente em sua caixa de e-mails.

Instrumentação Industrial: RF Admitância X Chave Capacitiva

Existem ainda os equipamentos radiométricos, que, além de medir o nível, medem o fluxo de massa e a densidade. Eles utilizam fontes radioativas na medição e, apesar de serem caros comparados com os outros, contam com resultados extremamente precisos, uma vez que não entram em contato com o produto.

Outros instrumentos que se beneficiam, pelo fato de não entrarem em contato com o produto, são aqueles que utilizam as micro-ondas para a medição de umidade. São muitos usados nas indústrias de mineração, papel e celulose e de alimentos, por exemplo.

Conclusão

Deu para entender que, para que você não sofra com perdas em seus processos industriais, sejam elas de dinheiro ou de trabalhadores, é essencial contar com instrumentos de controle de qualidade e com alta precisão e repetibilidade?

Nas indústrias, a urgência no aumento da produção, a fim de responder à crescente demanda, com custos cada vez mais baixos e à fabricação constante de novos produtos, acarretou no crescimento do número de processos completamente automatizados.

A Instrumentação Industrial, quando utilizada de forma criteriosa e planejada, reduz custos, aumenta a produtividade e contribui com qualidade, controle e segurança na produção.

Não existe na Instrumentação Industrial equipamentos que sejam universais e funcionam para todos os processos. Por isso, é essencial que você busque um fabricante que seja capaz de analisar as necessidades do seu processo industrial e fornecer soluções personalizadas para o que você precisa.

Não deixe de assinar a nossa newsletter e receber mais conteúdos como este em seu e-mail!