Manutenção Industrial – quando é realmente necessária?

Qualquer Técnico ou Engenheiro da Indústria sabe que paradas de planta programadas para manutenção industrial são normais!

Mas também sabem que perdem um tempo valioso em sua produção com uma manutenção que não seja realmente necessária, o que prejudica os resultados ao final de um período, sejam eles avaliados mensalmente, trimestralmente…

Esperamos ajudar você a pensar em soluções eficientes para otimizar o seu tempo e aumentar os seus ganhos!

Grande parte das paradas periódicas ocorrem devido à manutenção de equipamentos ligados à produção, controle e afins, que demandam tempo e custos.

Como esse tempo é gasto para deixar os equipamentos em bom estado ou verificar que está tudo bem, não é normalmente considerado um “tempo perdido”.

Mas não é bem assim!

É claro que certas manutenções devem ser feitas, visando não só as obrigações legais, mas também o bem-estar e integridade dos funcionários e a segurança da própria empresa. Esse tipo de manutenção é o que chamamos de manutenção preventiva, ou seja, vistoria os aparelhos antes que eles causem problemas.

Se feitas corretamente, são muito úteis e podem até mesmo ser rentável para a empresa, já que evita que os gastos no futuro sejam maiores em caso de quebra ou danos irreparáveis aos equipamentos.

Você não está realizando muita manutenção desnecessária?

No entanto, existem certos maquinários e instrumentos extremamente importantes na Indústria e que não deveriam demandar cuidados, reparos e até mesmo cuidados preventivos com tanta frequência.

Mesmo com os riscos de eventuais problemas ocorrerem e causarem danos financeiros e produtivos grandes, esses maquinários e instrumentos deveriam ser duráveis por padrão.

Os gastos com manutenção podem ser maiores do que os gerados pelos problemas no seu aparelho!

Existem diversas empresas que possuem tecnologias de Medição de Nível capazes de realizar medições de maneira bastante precisa.

Porém, por muitas vezes, a medição é pouco confiável com relação a durabilidade, manutenção e questões operacionais, como a segurança do trabalhador e da empresa.

Além de exigirem atenção constante e terem pouca vida útil, esses dispositivos representam produtividade menor, mais interrupções e, portanto, menor eficiência.

É essencial que o profissional responsável seja capaz de visualizar esses gastos com uma manutenção e descobrir maneiras de reduzi-los, sem abrir mão da qualidade na medição e de uma alta vida útil do Instrumento.

Entretanto, muitos desses profissionais desconhecem ou até mesmo não se interessam em buscar novas formas de otimizar o seu trabalho e realizar apenas a manutenção que seja realmente vantajosa para ele.

A relação entre confiabilidade, durabilidade e precisão na medição devem estar na mesma proporção.

Uma tecnologia que consegue incorporar esses fatores é a RF-Admitância, que tem a capacidade de oferecer medições precisas e com elevado tempo de resposta para aplicações com tempo de residência muito crítico, mesmo sob circunstâncias adversas.

Nas indústrias de mineração, por exemplo, é possível aplicar a RF-Admitância em caixas de bomba, onde o objetivo da medição consiste em evitar a cavitação (sucção de ar) da bomba que suga a polpa de minério, além de evitar o transbordamento. A aplicação torna-se mais desafiadora ainda devido ao turbilhonamento causado pelas tubulações de entrada com elevada vazão e formação de espuma.

Já na área siderúrgica, usam-se Chaves de Nível em sistemas de desempoeiramento, como, por exemplo, em filtros de mangas e precipitadores eletrostáticos. Seu funcionamento consiste em usar usar nível alto para detectar o enchimento das tremonhas e, quando estas estão cheias, acionam o suspirador do transportador pneumático, esvaziando as tremonhas.

Tais progressos possibilitam uma linha de produção mais estável e rentável a todos os setores de uma fábrica, aumentando, assim, a satisfação do empregador com os resultados finais de produção e com o empregado.

Esperamos que você tenha entendido como lidar alguma manutenção na sua empresa!

Uma apresentação concisa e bem estruturada vai ajudar você a colocar seu projeto de instrumentação para frente.

A gente sabe que o setor de Manutenção tem a sua importância e precisa ser ouvido!

As paradas de plantas para manutenção têm o objetivo de melhorar as condições dos equipamentos e instalações, sendo fundamentais para manter a qualidade na produção e gerar lucros.

De forma geral, para que uma empresa se mantenha competitiva no mercado, ela deve dar muita atenção às paradas de manutenção. Elas fazem parte até da missão da empresa.

Mas a empresa precisa ficar de olho na frequência com que uma manutenção é realizada na sua indústria para que gastos desnecessários não sejam feitos!

A otimização de custos em função da produtividade está fazendo todas as indústrias de pequeno, médio e grande porte aderirem aos instrumentos que utilizam tecnologias inovadoras de Automação e Instrumentação Industrial.

Chegou o momento de dar um upgrade na operação em que você trabalha!

O próximo passo é buscar um fabricante que realmente esteja comprometido em ajudar vocês a enfrentarem o seu problemas com uma Instrumentação de má qualidade.

Assine a nossa newsletter e se torne um especialista no assunto!

Obrigado pela leitura do nosso material e até a próxima!

FONTES

  • Mais de 35 anos de experiência em automação e controle de processos.
  • Mais de 13 mil horas de engenharia de aplicação on-site
  • Mais de 5000 soluções de instrumentação desenvolvidas