Medição de Nível em caldeiras vai além da necessidade, é uma obrigação

A Medição de Nível é um assunto bastante recorrente aqui no nosso blog, pois sabemos o quanto é importante para a sua indústria. 

E no post de hoje, falaremos sobre a Medição em caldeiras, visto que, por ser tão relevante, deixou de ser uma necessidade e tornou-se uma obrigação. Mas, o que isso quer dizer?

Continue lendo e saiba mais!

Qual a importância da Medição de Nível?

Manter o controle adequado dos processos é essencial para toda a empresa, desde o trabalhador em campo até os altos executivos. Se a medição é eficiente, há um maior rendimento da produção, pois os processos serão feitos sem interrupções. No caminho contrário, uma medição imprecisa pode gerar gastos com manutenções indesejadas, paradas de planta não programadas e até danos ambientais.

E como funciona a Medição de Nível em caldeiras?

As caldeiras são recipientes metálicos que servem para produzir vapor através do aquecimento de água. Elas são utilizadas para alimentar máquinas térmicas, autoclaves para esterilização, cozinhar alimentos e na calefação ambiental.

medição-em-caldeiras

Se o nível de água em uma caldeira de vapor estiver abaixo do ideal, pode ser uma situação prejudicial em vários fatores, pois acaba afetando a eficiência operacional, gerando gastos desnecessários e colocando em risco a segurança do trabalhador e da operação em si. Além disso, a capacidade da caldeira de gerar vapor pode não estar sendo utilizada em seu potencial máximo quando o nível de água está abaixo do ideal. 

O nível de água em uma caldeira é um dos principais parâmetros para garantir que ela esteja funcionando como deve. É importante que as superfícies de contato expostas aos gases quentes estejam umedecidas com água, para que nenhum dano ocorra ao equipamento. Caso contrário, as paredes metálicas das caldeiras podem sofrer rupturas ou até mesmo explosões devido ao superaquecimento. 

Vale lembrar que a NR-13 é responsável por garantir a segurança das operações com caldeiras.

Isso acaba comprometendo a segurança de toda a instalação e dos trabalhadores presentes!

A caldeira flamotubular, por exemplo, é uma geradora de vapor que necessita de água para seu funcionamento e também de uma Medição de Nível, seja ela feita por instrumentos ou de forma manual.

Se a Medição de Nível for manual, é importante que o operador tenha a noção exata do momento em que a caldeira precisará de água para ser resfriada. Para isso, é indispensável a presença do visor para o operador que ficará responsável pelas caldeiras.

Se o Medidor de Nível for automatizado, funcionará com seu nível de água normalizado no centro, desde que não seja afetado pelos principais desafios da Medição de Nível. 

E o que fazer caso a Medição de Nível em caldeiras apresente problemas?

É recomendado que a válvula de dreno reguladora seja liberada para que os eletrodos sejam testados. Automatizar os processos acaba sendo a melhor solução, uma vez que o monitoramento do sistema se torna mais fácil. 

Como escolher a melhor tecnologia para medir o nível em um ambiente adverso, como em caldeiras?

A maioria dos instrumentos de Medição de Nível não consegue aguentar altas temperaturas, incrustações, além de ser necessário realizar manutenções e calibrações frequentes. A condutividade, a constante dielétrica e a densidade, são outros fatores que atrapalham a medição.

Logo, qual instrumento escolher?

Para garantir a confiabilidade da Medição de Nível por um longo período, uma Chave de Nível capaz de ignorar completamente a incrustação e resistir à alta temperatura das caldeiras é o ideal. 

Uma boa aplicação de um instrumento de Medição de Nível seria uma Chave de Nível com a tecnologia RF-Admitância, que não é afetada pela maioria dos desafios da Medição de Nível, realizando assim uma medição precisa.

Com essa precisão na medição, alarmes falsos não serão gerados e, consequentemente, o número de paradas de planta será reduzido drasticamente!

Como evitar problemas, desperdícios e gastos desnecessários?

Como dizemos sempre: não existe tecnologia universal para a Medição de Nível. Cada processo possui as suas necessidades e uma avaliação minuciosa precisa ser feita para identificar suas necessidades. Mesmo assim, é importante ficar atento aos desperdícios que podem estar ocorrendo na planta de produção em que você trabalha!

É preciso encontrar um equilíbrio entre o custo do produto, estresse ao meio ambiente que um transbordamento possa causar e gastos com manutenções desnecessárias antes de decidir qual instrumento de Medição de Nível será escolhido.

Entendeu como funciona a Medição de Nível em caldeiras?

Você agora já sabe qual é a importância de uma Medição de Nível precisa, sabe dos desafios e problemas diários que enfrenta com uma instrumentação que não é a ideal para o processo e agora também já sabe como resolver tudo isso.

A otimização de custos em função da produtividade está fazendo todas as indústrias de pequeno, médio e grande porte aderirem aos instrumentos que utilizam as mais modernas técnicas de Medição.

É importante buscar um fabricante que realmente esteja comprometido em ajudar você a enfrentar o seu problema de medição mais específico e que forneça uma solução personalizada para as suas necessidades.

Não se esqueça de assinar a nossa newsletter e obrigado pela leitura do nosso material!

FONTES

  • Mais de 35 anos de experiência em automação e controle de processos.
  • Mais de 13 mil horas de engenharia de aplicação on-site
  • Mais de 5000 soluções de instrumentação desenvolvidas