Como realizar a Medição de Nível em interfaces complexas?

Você, que é responsável por monitorar e encontrar soluções para o controle de nível em sua indústria, deve saber que as interfaces complexas podem representar uma tremenda dor de cabeça nos processos industriais.

Para lidar com elas, é necessário buscar instrumentos de Medição de Nível que se saiam bem diante deste desafio da medição. Sendo assim, neste post explicamos mais sobre as interfaces complexas e a melhor forma de lidar com elas, confira!

O que são interfaces complexas e por que representam um desafio no controle de processos?

Quando se trata dos processos industriais, a confiabilidade e a precisão das medições podem ser afetadas pelos chamados desafios da Medição de Nível. Eles não podem ser considerados problemas, pois não são impasses pontuais, mas que podem acontecer e devem ser evitados.

Na verdade, eles são gerados constantemente durante o processo de produção e não é possível dar um fim a eles. Cabe à Instrumentação Industrial “vencer” estes desafios. Um destes desafios é o da Medição de Nível em interfaces complexas.

As interfaces complexas são características físico-químicas diferentes entre produtos que estão presentes em um mesmo tanque, por exemplo. O desafio aqui ocorre porque é necessário medir o nível de duas ou mais substâncias diferentes, tal qual ocorre na indústria petroquímica, por exemplo. São usados sistemas de separação para distinguir as interfaces em fases reaproveitáveis e/ou descartáveis.

Para alcançar um processo eficiente, é necessário que a Medição de Nível esteja calibrada e livre de interferências. Quando as interfaces complexas interferem na medição precisa do nível, acabam afetando negativamente a produtividade da planta ao gerar alarmes falsos, transbordamentos e até paradas de planta não programadas.

Como é realizada a Medição de Nível em interfaces complexas?

Na indústria em geral, é utilizada água para lavar o processo. Durante a lavagem, é comum também utilizar solventes, lubrificantes, dentre outros componentes. 

Todos esses produtos vão parar em depósitos, normalmente subterrâneos, a fim de que sejam reaproveitados. São usados sistemas de separação para distinguir as interfaces em fases reaproveitáveis e/ou descartáveis destes produtos, que estão misturados.

Para que o processo seja eficiente, é necessário que o instrumento de Medição de Nível esteja calibrado e livre de interferências, para que os resultados não sejam afetados. Assim, é possível medir o nível de forma eficiente em cada uma das fases de produtos. 

Hoje em dia, existem instrumentos, como Sensores e Transmissores de Nível, que contam com a tecnologia RF-Admitância e são imunes a desafios da medição, como as interfaces complexas, podendo gerar resultados mais precisos sem interferências nos resultados. 

Os instrumentos de Medição de Nível que contam com a tecnologia RF-Admitância, são compostos por um elemento sensor de três terminais, sendo eles: um terra, um escudo ativo (terceiro terminal) e uma parte ativa, parcialmente revestida por um plástico de engenharia.

Estes medidores, ao trabalharem com radiofrequência (RF) e por possuírem circuito de proteção contra interferências e imprecisões, são os instrumentos que têm se mostrado mais eficientes em praticamente todos os tipos de aplicação.

Por que a Medição de Nível é tão importante?

A demanda sobre o controle de processos cresce a cada dia e manter um controle adequado é de fundamental importância para toda a empresa, desde o trabalhador em campo até os altos executivos. 

A redução dos custos de produção e aumento do foco em segurança do trabalho são os principais responsáveis por esta crescente demanda!

O principal objetivo da Medição de Nível é manter o controle do processo produtivo. Se a medição é eficiente, há um maior rendimento da produção, pois os processos serão feitos sem interrupções.

A Medição de Nível é um elemento fundamental dentro de um sistema de calibração de tanques, silos ou caixas. Medições de Nível mais precisas aumentam significativamente a eficiência da planta.

Por exemplo: se um silo de grãos precisa estocar uma certa quantidade de material o tempo inteiro, mas não é utilizada a capacidade máxima deste silo, por limitações da faixa de medição do equipamento que efetua a medição, a unidade de produção poderá estocar, ensacar ou expedir pouco produto final.

A Medição de Nível também é feita para garantir um meio ambiente de trabalho seguro. Imagine o transbordamento acidental de um tanque de ácido causado por uma medição imprecisa? Pode gerar resultados catastróficos!

Assim como falamos de um incidente envolvendo ácido, também poderíamos usar diversos outros tipos de materiais comuns na indústria, como inflamáveis, reagentes e outros. Prevenir transbordamentos e detectar vazamentos também é importante para cumprir todas as regulações ambientais.

Mas, lembre-se: é inexistente na Instrumentação Industrial, equipamentos que sejam universais e que funcionem para todos os processos. Por isso, é essencial a busca por um fabricante que seja capaz de analisar as necessidades do seu processo industrial e fornecer soluções personalizadas para o que você realmente precisa.

Se você quer conhecer mais sobre os instrumentos de Medição de Nível com a tecnologia RF-Admitância, recomendamos a leitura do nosso material completo e gratuito sobre esta tecnologia. Você pode baixá-lo clicando na imagem abaixo!

rf admitância x chave capacitiva