Medição de Nível na indústria de Laticínios

Escolher o instrumento de medição de nível correto para o seu processo é fundamental. Isso porque, dessa forma, gastos desnecessários e paradas de planta não programadas podem ser evitados. 

Por isso, para te ajudar nessa missão, nesse artigo falaremos sobre como funciona a Medição de Nível na indústria de laticínios.

Medição de nível pontual e contínua

As chaves de nível, para medição pontual, são frequentemente usadas em conjunto com transmissores de nível, para medição contínua, em medições de nível para um ponto único, seja ele intermediário, alto, baixo, e/ou como alarme.

No entanto, as chaves de nível também podem ser utilizadas sozinhas para indicar simplesmente um estado cheio ou vazio, limitações de tamanho e espaço, além de determinarem as características do sistema ideal.

Já os transmissores de nível são geralmente uma entrada independente para o sistema de controle.

E, os transmissores de nível contínuo são fundamentais em praticamente todas as indústrias, incluindo química, petróleo e gás, energia, refino, papel e celulose, mineração, farmacêutica, alimentos e bebidas, dentre outras plantas de processo.

Medição de nível na indústria de laticínios

A medição de nível é usada numa variedade de aplicações. A tecnologia de medição de nível por ultrassom detecta quase todos os tipos de materiais líquidos ou que possam ser controlados com instrumentos de medição de nível que possuam essa tecnologia.

Assim, é possível monitorar com total precisão o nível de tanques usados na fabricação de laticínios.

Entretanto, os sensores de nível por ultrassom toleram, normalmente, temperaturas de até 50 °C, aproximadamente. Em temperaturas muito elevadas, acabam sofrendo danos permanentes devido ao deslocamento interno, que é causado pela expansão térmica.

Por isso, manter a temperatura correta é fundamental na indústria de laticínios.

Vantagens e desvantagens do sensor de nível por ultrassom na indústria de laticínios

Assim como os demais métodos, a medição de nível por ultrassom na indústria de laticínios também possui vantagens e desvantagens.

Vantagens

  • Não tem contato com o produto;
  • Sem componentes móveis;
  • Precisão típica de 0,25% do fundo de escala;
  • A medição não é afetada por mudanças na composição, densidade e pressão.

Desvantagens

  • Sensibilidade a espuma, bolhas e turbulências;
  • Não é recomendado para altas pressões e temperaturas.

Como evitar problemas, desperdícios e gastos desnecessários na medição por ultrassom?

Não existe tecnologia universal para medição de nível. Cada processo tem as suas necessidades e uma avaliação precisa ser feita.

Mas mesmo assim, é importante ficar atento aos desperdícios que podem estar ocorrendo na indústria em que você trabalha.

É preciso encontrar um equilíbrio entre o custo do produto, possível estresse ao meio ambiente que um transbordamento pode causar, e gastos com manutenções, antes de decidir qual instrumento de medição de nível será escolhido.

Conclusão

A tecnologia de medição de nível por ultrassom detecta quase todos os tipos de materiais líquidos, o que facilita na hora de monitorar com precisão o nível de tanques usados na fabricação de laticínios.

Manter a temperatura é na medição de nível na indústria de laticínios é de suma importância, pois se os medidores de nível por ultrassom ultrapassarem 50ºC, irão sofrer danos permanentes. Alta pressão também é um fator que pode gerar alterações nos medidores.

A otimização de custos em função da produtividade está fazendo todas as indústrias de pequeno, médio e grande porte aderirem instrumentos que utilizam tecnologias de automação e instrumentação industrial.

Para facilitar o dia a dia da sua empresa, busque um fabricante que realmente esteja comprometido em ajudar vocês a enfrentarem o seu problema de medição de nível mais específico.

Quer saber mais sobre esse e outros assuntos relacionados à medição de nível? Assine nossa newsletter e fique por dentro!

FONTES

  • Mais de 35 anos de experiência em automação e controle de processos.
  • Mais de 13 mil horas de engenharia de aplicação on-site
  • Mais de 5000 soluções de instrumentação desenvolvidas