Medidores Nucleares – Acabe com o seu medo de uma vez por todas!

Você vem tendo dor de cabeça com a Medição de Nível, Densidade ou Vazão Mássica do seu processo, já testou várias tecnologias diferentes e nada funcionou da forma como você precisa?

Então você não pode mais postergar a ideia de investir em Medidores Nucleares!

Existe uma quantidade enorme de mitos em torno do uso dos medidores nucleares na instrumentação industrial.

Preste bastante atenção neste texto e acabe de vez com qualquer receio que você possa ter com relação à essa tecnologia!

Em meus mais de 30 anos trabalhando com instrumentos nucleares, já vi de tudo!

Já vi pessoas que acham que usar medidores nucleares traz os riscos imprevisíveis de acidentes ou de contaminação. Também pensam que vão desenvolver câncer, que o homem vai ficar impotente, a mulher estéril ou que um acidente grave possa acontecer a qualquer momento como em Chernobil, em Goiânia ou, mais recententemente, Fukoshima… Elas realmente acreditam nisso!

O medo vem da falta de conhecimento, então é perfeitamente normal que você tenha receio quando escuta algo relacionado à radiação.

medos do uso de instrumentação nuclear

Nada disso é assim!

Se formos pensar em radiação no nosso dia-a-dia:

  • O seu celular tem radiação;
  • A radiografia que você faz tem radiação;
  • O refrigerante que você bebe passa por radiação na hora de ser envasado;
  • Os alimentos exportados passam por radiação;
  • O raio X do aeroporto…

Enfim!

Calma!

De fato, a radiação precisa ser tratada com cautela. Uma exposição à níveis excessivos pode causar danos celulares e até a morte, mas são casos que dificilmente acontecem, já que a legislação brasileira é bem rígida quando se trata de Radioproteção dentro da Segurança do Trabalho.

Entenda de uma vez por todas que se todas as normas da radioproteção forem seguidas você estará mais exposto à radiação quando voar de avião do que trabalhando ao lado de um instrumento radiométrico!

Outro ponto importante diz respeito às blindagens das fontes radioativas presentes nos instrumentos. Elas são desenvolvidas seguindo rígidas normas internacionais, além de passarem pelo crivo da CNEN. Sua construção é feita com revestimento interno de chumbo e externo por metais específicos para cada aplicação, como Aço Carbono, Aço Inox, Ferro e Tungstênio, por exemplo.

No caso das blindagens da LINCE, por exemplo, nossos radioisótopos são encapsulado duplamente em Inox e com pérolas cerâmicas.

A construção da Blindagem de Fonte possui o papel de:

  • Encapsular as fontes seladas;
  • Fornecer blindagem para que um limite de Taxa de Exposição “X” seja alcançado;
  • Colimar o feixe de fótons;
  • Bloquear o feixe nas direções indesejáveis.
Exemplo de blindagem de fonte radioativa.

Exemplo de blindagem de fonte radioativa.

 

Outro ponto que faz as pessoas terem receio de investir em Medidores Nucleares é o custo.

Sim, é verdade que você não pode simplesmente comprar um equipamento nuclear e começar a usar sem maiores precauções.

É preciso cumprir uma série de exigências legais. É preciso fazer toda a regulamentação da planta junto à CNEN, estabelecendo um adequado Serviço de Radioproteção, interno ou terceirizado.

Você precisará definir quem será o Supervisor de Radioproteção. Precisará treinar os profissionais que serão os IOEs (Indivíduos Ocupacionalmente Expostos), como técnicos eletricistas e de manutenção, que deverão receber adicionais em seus salários.

Parece muito? Agora, pense por uma outra ótica! É melhor ficar sem uma Medição adequada?

O uso de um Medidor Nuclear tem qualidade e precisão extremas, mecanismos de altíssima segurança, alta durabilidade e, seguindo um Plano de Radioproteção correto, os riscos são quase nulos!

Medidores nucleares são extremamente seguros, não há razão para ter receio em usá-los.

A partir de agora você já tem a segurança na hora de adotar a Instrumentação Nuclear na sua indústria!

Compartilhe com seus colegas que ainda têm receio de adotar Medidores Nucleares para que juntos possamos desenvolver nossos conhecimentos sobre esse tema.

Para que você possa conhecer mais sobre os cuidados de radioproteção envolvendo as atividades que utilizam fontes radioativas, indico o excelente blog Radioproteção na Prática.

E se você quiser saber tudo sobre Medição de Nível, não perca esta postagem.

Não esqueça de assinar nossa newsletter e ficar por dentro de todas as dicas e novidades.

Obrigado pela leitura do nosso material e até a próxima!

FONTES