Porque o setor de Manutenção precisa ser ouvido na sua Indústria

Se você é um Técnico, ou até mesmo um Supervisor, sabe a importância que a manutenção tem nos setores da sua indústria!

Podemos definir manutenção como:

Um conjunto de ações com o intuito de conservar ou corrigir uma peça ou máquina de forma a manter uma ótima condição de operação levando a utilização máxima de vida útil.

Essas ações são procedimentos que envolvem várias operações como, por exemplo, monitoramento do rendimento das máquinas, ajustar ou trocar equipamentos em períodos predeterminados, dentre outros.

Esse setor vem ganhando cada vez mais importância com o passar dos anos, sendo o grande aliado da indústria, gerando mais produtividade, confiabilidade dos equipamentos, redução de custos de produção e melhoria na qualidade da operação.

Isso nos dá a noção da sua importância, tendo em vista que máquinas ou equipamentos com defeitos trazem uma enorme dor de cabeça a empresa, resultando em prejuízos como:

  • Perda de Mercado
  • Baixa confiabilidade na produção
  • Perda Financeira
  • Possíveis acidentes com vítimas
  • Aumento do Custo

Existem diferentes tipo de manutenção industrial, vamos citar três das principais aqui:

  • Corretiva
  • Preventiva
  • Preditiva

Corretiva

É uma manutenção não planejada.

Ela ocorre quando equipamento não está com desempenho eficiente ou apresenta falhas de maneira aleatórias.

É considerada umas das mais caras, porque há perda de produtividade e os danos nos equipamentos são maiores.

Preventiva

É considerada uma manutenção programada antes do possível surgimento da falha.

É o estágio inicial da manutenção programada, sendo estabelecido paradas periódicas com o objetivo de fazer reparos.

Tem o objetivo de reduzir os custos diminuindo as paradas de emergência, aumentar a qualidade do produto, aumentar a vida útil dos equipamentos e até mesmo diminuir os riscos de acidentes de trabalho.

Preditiva

A palavra preditiva, refere-se à predição, ao ato de predizer.

Por isso, podemos dizer que ela está se referindo a uma possível intervenção em um equipamento, quando este apresenta desempenho fora do esperado.

É responsável também pelo acompanhamento periódico das máquinas, verificando dados coletados através de inspeções ou monitoramento, indicando as condições reais do desempenho de máquinas ou equipamentos.

Seus objetivos são o de aumentar a vida útil dos equipamentos, reduzir o risco de manutenção de emergência, aumentar a confiabilidade na produção, dentre outros.

A indústria 4.0 é considerada uma das aliadas da manutenção, já que também facilita a manutenção preditiva, pois cada vez mais encontramos programas capazes de detectar falhas ou irregularidades sem a necessidade de uma ação pessoal.

É de suma importância para realizar todos estes tipos de manutenções citadas que você tenha à sua disposição uma equipe altamente qualificada.

Não existe uma regra para utilizar um tipo ideal. O recomendável é utilizar todas em conjunto e de acordo com cada a situação que existe no momento.

Se você é da área de manutenção, com certeza já deve ter ouvido falar da Integração entre as Áreas ou já passou por esse problema.

Podemos dizer que uma empresa é um conjunto de engrenagens, e a comunicação é grande responsável pelo bom funcionamento dele.

Por isso, um ponto bastante importante para área de manutenção é a Integração entre as Áreas.

É um fator fundamental para as atividades realizadas em uma empresa, isso porque entendemos que na maioria das vezes um departamento precisa do outro.

a integração entre os setores é de suma importância para a eficiência da sua planta

Por exemplo: a manutenção passa para setor de engenharia um determinado problema que deve ser estudado. Então o setor de engenharia passa, se necessário, para o setor de suprimentos determinada requisição para compra de um equipamento ou peça que servirá de solução para o problema observado inicialmente.

O ponto determinante na integração dessas áreas é a comunicação!

O setor de suprimentos não pode apenas receber uma requisição e sair comprando!

Ele tem que entender a real necessidade da aquisição de um produto, receber especificações do equipamento. Quem é responsável por isso é a engenharia ou a manutenção.

É preciso mostrar a importância da solução do determinado problema, pois caso não haja uma comunicação eficiente, o setor de suprimentos pode fazer a compra do material de uma marca diferente pelo preço mais baixo, não atendendo a especificação necessária.

Manutenção e seus recursos necessários

É evidente que ela necessita de recursos para que todo o planejamento e processo ocorram de forma adequada

Norberto Moro cita em seu livro Gestão da Manutenção alguns desses recursos que podemos analisar, como, por exemplo:

  • Recursos financeiros: traz autonomia ao setor de manutenção para realizar todo processo.
  • Recursos de materiais: Ter uma excelente condição para realização de trabalho, como por exemplo, amplo espaço para realização da manutenção, e ferramentas apropriadas.
  • Recursos de mão de obra qualificada: Essencial ter uma equipe qualificada, trazendo confiabilidade no planejamento da manutenção.

Paradas para manutenção

Na indústria, essas paradas são uma preocupação constante para se realizar a programação da produção, pois, caso elas não sejam previstas, podem ocorrer muitos problemas como, por exemplo, o aumento do custo, maior tempo para realização da manutenção e, consequentemente, quebra do cronograma.

As paradas têm o objetivo de melhorar as condições dos equipamentos e instalações, sendo fundamentais para manter a qualidade na produção e gerar lucros.

De forma geral, para que uma empresa se mantenha competitiva no mercado, ela deve dar muita atenção às paradas de planta. Elas fazem parte até da missão da empresa.

Se lembra quando falamos da integração entre as áreas?

Aqui ela também é de suma importância, pois a função da parada deve estar disseminada por todos os setores da empresa, de forma que tudo ocorra de maneira clara e todos tenham a noção da qualidade trazida na parada para a produção, elevando os índices de confiabilidade e, então, mantendo a empresa competitiva no mercado.

Todos esses aspectos citados neste artigo demonstram a importância que devemos dar a manutenção industrial, hoje considerada a maior aliada para a redução de custos na indústria, aumento na qualidade de produtos e eficiência na entrega de matérias para clientes.

Assine a nossa newsletter fique por dentro de outras dicas e novidades!

Obrigado pela leitura do nosso material e até a próxima!

FONTES

  • Mais de 35 anos de experiência em automação e controle de processos.
  • Mais de 13 mil horas de engenharia de aplicação on-site
  • Mais de 5000 soluções de instrumentação desenvolvidas
  • MORO, Norberto; AURAS, André Paegle. Instrodução à Gestão da Manutenção. 2007. Acessado em 04/05/2018.