Saiba quais são os principais medidores de níveis sem contato com o produto

Implementar instrumentos de medição sem contato garante que os principais desafios da Medição de Nível não afetem o processo, possibilitando uma precisão extrema na medição. 

Mas, as vantagens não terminam por aí!

Continue lendo o post e saiba mais!

Quais são os principais desafios da Medição de Nível?

Durantes os processos industriais, algumas irregularidades podem afetar a confiabilidade da Medição de Nível. Estas irregularidades na indústria são desafios constantes para os instrumentistas, pois se tratam de eventos que ocorrem naturalmente nos processos. É papel da instrumentação industrial “vencer” estes desafios.

Alguns desses desafios são:

Incrustação: é aquela camada de produto que acumula e encobre os sensores de nível que possuem contato com o produto.

Espuma: gerada em boa parte dos processos contínuos e com muita agitação, ela também impede a medição precisa do nível quando fica acumulada no sensor, que pode detectar a espuma como produto real e gerar um alarme falso. 

Temperatura: quando o medidor de nível escolhido é composto por materiais que não são resistentes às temperaturas altas, a medição pode ser totalmente comprometida.

Pó em suspensão: é a poeira que está em praticamente todas as indústrias. É também considerado um grande desafio da Medição de Nível, já que esse pó em suspensão pode gerar alarmes falsos no sensor, comprometendo toda a medição.

Além dos desafios citados, as tecnologias existentes em instrumentação industrial para Medição de Nível, ainda devem lidar com outras condições de processos bastante severos, como interfaces complexas, vapor, agitação, abrasão, viscosidade, choque mecânico, arraste, pressão, vibração e vácuo.

Para conseguir que o processo seja eficiente, é necessário que a Medição de Nível esteja calibrada e livre de interferências. Todos esses desafios podem afetar negativamente a produtividade da planta ao gerar alarmes falsos, transbordamentos e até medições duvidosas. 

Medição de Nível sem contato

Diferente da Medição de Nível com contato, em que parte do sistema de medição tem contato direto com o conteúdo do tanque (como instrumentos com a tecnologia RF-Admitância e os Radares de Onda Guiada), na Medição de Nível sem contato, nenhuma parte do sistema de medição fica em contato direto com o produto armazenado no tanque.

Assim, os principais desafios da Medição de Nível não afetam os resultados na maioria das vezes. Métodos sem contato são preferidos quando a medição é feita em ambientes adversos, com materiais altamente abrasivos e corrosivos.

Os únicos desafios que podem afetar a medição sem contato são: a poeira ou pó em suspensão e ecos falsos na leitura, mas apenas em alguns casos. O processo de Medição de Nível sem contato garante uma precisão não atingida por nenhum outro tipo de medidor, uma vez que utilizam tecnologia atômica.

Quais são os principais instrumentos para Medição sem contato?

Existem diversos instrumentos de Medição sem contato que utilizam a tecnologia atômica. É possível medir diversas grandezas além do nível, sem entrar em contato com o produto, como é o caso de medidores de densidade, vazão e umidade.

Medidores de Densidade/Concentração

Estes medidores são utilizados para a medição sem contato, não intrusiva e são livres de manutenção. Além disso, podem realizar a medição em tempo real da densidade/concentração de líquidos, polpas ou material a granel em tubulações, chutes e tanques.

São sistemas que podem ser facilmente instalados em procedimentos que já estão em operação e garantem alta confiabilidade, estabilidade e exatidão na medição. Seu princípio de medição não é afetado por variações na cor, temperatura, pressão ou propriedades químicas do produto.

Medidores de Nível Contínuo

Estes medidores são projetados para realizar a medição de nível contínuo sem contato e não intrusiva, em processos críticos que envolvam formação de espuma, pressão ou temperaturas elevadas, gases de alta densidade e/ou materiais altamente impregnantes e corrosivos.

Uma vez que todo o sistema de medição é montado na parede externa do vaso, não terá contato algum com o material que será medido e, portanto, não há desgaste ou necessidade de manutenções periódicas ou preventivas no instrumento.

A flexibilidade no arranjo de diferentes tamanhos de detectores possibilita faixas de medição que podem variar de alguns milímetros até vários metros.

Medição de Vazão de sólidos

O sistema de medição radiométrico para a medição de vazão em sólidos pode ser aplicado em transportadores de todos os tipos. Como alternativa, também pode ser aplicado para medições de materiais em queda livre, como em tubulações ou chutes.

Variações na temperatura, granulometria, pressão ou condutividade do material não afetam a performance de medição. Da mesma forma, o sistema é imune a perturbações mecânicas, como flutuações na tensão da esteira, vibrações e outras forças. Sua característica robusta o torna ideal para ambientes hostis e abrasivos.

E aí? Entendeu mais sobre os principais medidores de nível sem contato?

Procure por empresas que forneçam equipamentos radiométricos com montagem fácil, feita na parte externa do reservatório, sem haver o contato com o material que será medido, pois estes são livres de desgastes e manutenções, e possui a oportunidade de instalação posterior em sistemas existentes.

Você pode adquirir instrumentos de Medição de Nível sem contato  e customizados para as suas necessidades, além de ter assistência durante todo o processo, desde o início até o pós-instalação.

Não deixe de assinar a nossa newsletter e se tornar um especialista no assunto!

Obrigado pela leitura do nosso material e até a próxima!

FONTES

  • Mais de 35 anos de experiência em automação e controle de processos.
  • Mais de 13 mil horas de engenharia de aplicação on-site
  • Mais de 5000 soluções de instrumentação desenvolvidas